Estratégia Européia para reduzir os efeitos nocivos do álcool

Friday, 23 October 2009



A Comissão das Comunidades Europeias apresentou uma estratégia abrangente para reduzir os efeitos do álcool na Europa até finais de 2012, debruçando-se sobre o que já foi feito a nível nacional e comunitário, os domínios prioritários nos quais é necessário agir e as modalidades de participação da Comissão no tratamento deste importante problema de saúde pública.
Da comunicação apresentada pela Comissão, e da divulgação em revistas especializadas na área, destaco os 11 objectivos propostos aos Estados-Membros, os quais partem da eleição de cinco temas considerados
prioritários, aos quais são associadas propostas de boas práticas.

A presente comunicação debruça-se sobre os efeitos deletérios para a saúde dos padrões nocivos e perigosos de consumo de álcool,bem como sobre as suas consequências económicas e sociais, satisfazendo assim o pedido
dirigido pelo Conselho à Comissão no sentido de esta acompanhar, avaliar e controlar os progressos registados e as medidas adoptadas, bem como de o informar sobre a necessidade de realizar outras acções. Concentra-se na prevenção e na redução dos padrões imoderados e extremos de consumo e no consumo de álcool pelos jovens menores, bem como em algumas das suas consequências mais nefastas, tais como os acidentes de viação provocados pelo álcool e a síndrome alcoólica fetal.


Objectivo 1: Reduzir o consumo de bebidas alcoólicas pelos jovens menores e os padrões nocivos e  perigosos de consumo juvenis, em colaboração com todas as partes interessadas.

Objectivo 2: Diminuir as consequências nefastas sofridas pelas crianças nas famílias com problemas de alcoolismo.

Objectivo 3: Reduzir significativamente a exposição ao álcool durante a gravidez, diminuindo assim o número
de crianças nascidas com síndrome alcoólico fetal.



Objectivo 4: Contribuir para a diminuição do número de mortos e de feridos devidos a acidentes rodoviários
provocados pelo álcool.

Objectivo 5: Reduzir as doenças físicas e mentais crónicas provocadas pelo álcool.

Objectivo 6: Reduzir o número de mortes provocadas pelo álcool.

Objectivo 7: Prestar informação aos consumidores para que possam fazer opções conscientes.

Objectivo 8: Contribuir para a redução dos riscos decorrentes do álcool no local de trabalho e promover
acções relativas ao contexto laboral.

Objectivo 9: Aumentar a sensibilização dos cidadãos comunitários para as consequências para a saúde dos padrões de consumo nocivos e perigosos, sobretudo os efeitos sobre o feto, os jovens menores, o trabalho e a condução.

Objectivo 10: Obter informação comparável sobre consumo de álcool, sobretudo no que se refere aos jovens; definições dos padrões de consumo nocivos e perigosos, dos hábitos de consumo, das consequências do álcool no plano social e da saúde; informação sobre os efeitos das políticas de luta contra o álcool e do consumo de bebidas alcoólicas na produtividade e no desenvolvimento económico.

Objectivo 11: Avaliar o impacto de iniciativas tomadas com base na presente comunicação.

Posted by Vanessa Marsden at 07:23  

0 comments:

Post a Comment