Ainda sobre as bonecas vivas

Tuesday, 26 January 2010

Depois de ter escrito o último post sobre as bonecas vivas (mulheres pasteurizadas na aparência e hipersexualizadas, que só veem como objetivo na vida aparecer na capa da playboy) lembrei-me de um fato e um filme que recomendo.
Quando ainda estava no curso de medicina tive uma longa discussão com um colega que adorava pornografia. Ele possuía uma vasta coleção de dvds e assinava praticamente todos os canais fechados da tv a cabo. Lembro-me de discutir os possíveis efeitos psicológicos que os atores (tanto homens quanto mulheres, mas estas principalmente) poderiam sofrer a longo prazo ao exercer aquela profissão. Este meu colega não aceitava este argumento de forma alguma e dizia acreditar que trabalhar como prostituta ou como atriz pornô era na maioria das vezes uma escolha pessoal, como ele lia ou via nas entrevistas com os atores no final dos dvds ou nas entrelinhas das revistas.
É claro que discutimos longamente sobre o assunto e imagino que, se ele ainda se lembra desta discussão, deve ter se sentido vingado quando Bruna Surfistinha lançou o livro "O Doce Veneno do Escorpião", no qual relata sua vida como prostituta.
Eu, entretanto, segui os caminhos da psiquiatria e diversas vezes consultei prostitutas e garotos de programa (ativos ou aposentados) que apresentavam desde quadros mais leves de angústia e culpa a sérios transtornos mentais.


Foi então que me lembrei do filme Nuts (Querem Me Enlouquecer, no Brasil ou Louca em Portugal), de 1987 com Barbra Streisand e Richard Dreyfuss. O filme é baseado em uma peça de teatro de mesmo nome e nele Streisand é uma prostituta de luxo que mata um cliente. Como ela está presa, sua mãe e seu padrasto, um casal de classe média alta que a criou com todos os luxos, tentam provar insanidade mental e conseguir com que ela seja internada, já que não lhes faz sentido o caminho que ela escolheu para sua vida e para evitar que sua vida escandalosa torne-se pública se o caso for a tribunal do júri. Entretanto a personagem de Streisand luta para provar que não é insana e que está na vida da prostituição por escolha própria.

Não vou contar mais nada para não estragar e fica a recomendação. Acho que deve ser um bocado difícil encontrar o filme para comprar em DVD, mas as antigas locadoras de vídeo dispõem de cópias. A peça Nuts, a play in three acts está disponível para compra em diversos sites.

Foto: http://en.wikipedia.org/wiki/Nuts_(film)

Posted by Vanessa Marsden at 21:44  

0 comments:

Post a Comment