Tristes notícias da Medicina Brasileira

Wednesday, 3 March 2010

Bom, pelo menos o diploma médico dele foi cassado. Mas mesmo assim causa revolta:

Cirurgião condenado por esquartejamento faz curso na USP

O ex-cirurgião plástico Farah Jorge Farah, condenado a 13 anos de prisão pelo crime confesso de esquartejamento de uma mulher em 2003, faz hoje duas faculdades: direito em uma universidade particular e gerontologia na USP. Ele conseguiu um habeas corpus da Justiça e por isso consegue manter seu cotidiano.

Posted by Vanessa Marsden at 05:24  

0 comments:

Post a Comment