Cuidado com as curas virtuais

Friday, 23 April 2010

Caros leitores

Recentemente alguns posts (especialmente os que dizem respeito à depressão) tem recebido comentários com links que levam a sites com tratamentos de "cura" da depressão. Passei a tarde toda a refletir sobre o assunto e o feedback de vocês é sempre bem vindo.
Eu optei por moderar os comentários que recebo porque assim sei onde foram colocados e posso dar-lhes respostas adequadas. Até agora nada foi censurado: críticas, links, elogios, perguntas, etc. Passei a tarde a pensar se deveria censurar os tais comentários com links a sites com supostas "curas" mas pensei que ao realizar tal ato, estaria a censurar também o livre pensar e daí para censurar comentários dos quais não gosto é um pulo. Assim, optei por liberá-los na totalidade porque não quero me ver como algoz da liberdade de expressão.

O feedback de vocês é importante porque se acharem que os comentários com os tais links andam comerciais demais e podem comprometer a credibilidade deste blog, gostaria de ouvir vossa opinião. Da mesma forma os que concordam com a atitude de liberar tudo o que recebi. É sempre bom termos uma terceira parte a analisar este assunto para que eu não caia na armadilha da censura indiscriminada de pontos de vista discordantes.

Fica também o aviso: tomem cuidado com os links dos comentários. Lembrem-se de não apostar seu bem mais precioso (saúde) em tratamentos não experimentados e devidamente estudados. Sabem como sou crítica dos curandeirismos e estou sempre a avisar-vos: se querem experimentar é vosso direito, desde que bem informados de todos os riscos e consequências.

No aguardo de vossas opiniões

Vanessa

Foto: http://4.bp.blogspot.com/_fFFD2ZXY1ko/SaB6gg-jtmI/AAAAAAAAA4E/cHoU4p7TTzg/s400/Pai+Arn%C3%A1pio.jpg

Posted by Vanessa Marsden at 11:34  

3 comments:

Acompanho sempre que tenho tempo as postagens. Essa o destaque foi a imagem.

Realmente, é uma pena que as pessoas sejam tão facilmente encantadas por essas promessas de curas. Tem cura a influenciabilidade (quase patológica?) !! :)

Grande abraço!

Luisfca said...
24 April 2010 at 08:37  

Gosto muito de ler este blogue. Duas razões (mas há mais): (a) pela clareza com que é feita a divulgação científica de assuntos muito importantes (b)pelo empenho e sinceridade que a Autora coloca no que escreve. Esta segunda qualidade está bem patente neste post em que pede opinião.
Aqui deixo a minha opinião: os comentários devem ser moderados e aqueles que forem curandeirisses ou aproveitamentos comerciais não devem ser publicados. Quanto a mim não se trata de censura. É como se a Vanessa tivesse uma casa, com um jardim que abrisse ao público. A Vanessa cuidava do jardim, semeava, podava, regava, arranjava, aceitava colaborações para desenvolver o jardim, eventualmente mais sementes, rebentos, o próprio cuidado de jardineiros...mas. Imaginemos que chegava alguém e resolvia espetar uns placards no jardim do tipo: " Comprem sementes XPTO que nem precisam de sol ou água para germinar...". Vendilhões oportunistas é o que mais existe na Net.
Vanessa, há ainda um outro aspecto que poderá parecer censura mas em minha opinião não é: imaginemos que alguém, num comentário a um post, revelava numa situação de crise pessoal pormenores da vida privada, comportamentos ou intensões que a Vanessa com o seu bom senso concluiria que quem escrevesse esse comentário não estava perfeitamente consciente dos efeitos para si e para quem o lesse. Também neste caso me parece que se poderia justificar a não publicação dos comentários.
Seja qual for a decisão, continuarei a visitar com muito gosto.

ex ana said...
24 April 2010 at 11:24  

Caro Luisfca

'E minha opiniao que as pessoas devem ser livres para usarem das curas que quiserem, sejam elas medicas, homeopaticas, etc DESDE QUE devidamente informadas de seus beneficios e maleficios. O que nao serve 'e essa cultura de "eu acredito" seja na homeopatia, nos florais ou na benzedeira. Ja passa da hora de a sociedade se movimentar para exigir declaracao de consentimento informado de todos os pacientes que usam de curas nao aprovadas cientificamente, para se ter certeza de que sabem exatamente o que estao a usar/ingerir

Quanto a ex ana:
Voce 'e uma querida e sinto-me honrada em saber que acompanhas meu blogue. Voce provavelmente 'e minha leitora mais antiga e tenho o maior respeito pela sua opiniao e pelo seu blog. Como sempre, muito obrigada pela participacao!

Vanessa Marsden said...
28 April 2010 at 06:03  

Post a Comment