Loucura na via rápida

Wednesday, 13 October 2010

Recentemente a BBC exibiu o documentário "Madness in the fast lane" (ou Loucura na Via Rápida), que conta a história de duas gêmeas suecas que foram filmadas no momento em que correram em direção ao tráfego na M6 (uma autovia ou rodovia inglesa), sem qualquer motivo aparente. Uma delas passou meses no hospital enquanto a outra foi levada a tribunal por assassinato.

No documentário, parece que o comportamento das gêmeas se deveu a um episódio de folie à deux, daí meu interesse especial.

Folie à deux


O transtorno delirante compartilhado foi primeiramente descrito em 1860 por Jules Baillarger, que denominou a sindrome de folie à communiqué. Charles Lasègue e Jules Falret descreveram o transtorno em 1877 e o denominaram folie à deux. Outros nomes, incluindo-se transtorno psicótico compartilhado, transtorno delirante compartilhado e transtorno psicótico induzido também foram sugeridos para o mesmo.
Na folie à deux, um indivíduo desenvolve a crença delirante no contexto de um relacionamento íntimo com outra pessoa que já apresenta uma ideia delirante estabelecida. Os princiapis pontos do transtorno são a aceitação total e sem questionamento das crenças delirantes do outro e a sequência temporal de desenvolvimento do transtorno, no qual um dos indivíduos apresenta um início do quadro mais precoce. Embora o transtorno psicótico compartilhado geralmente envolve dois indivíduos, pode envolver mais pessoas, inclusive famílias inteiras. Geralmente o delírio do segundo resolve-se com a separação dos envolvidos.
Para quem quiser assistir, o documentário está no youtube:
Foto: http://exileinblonde.deviantart.com/art/La-Folie-De-Deux-Wallpaper-148358366

Posted by Vanessa Marsden at 08:04  

0 comments:

Post a Comment