Dependências comportamentais - vivendo em excessos

Friday, 4 March 2011

Dependência comportamental, também conhecida como dependência não-química é definido como uma condição de impulsos recorrentes na qual a pessoa afetada engaja-se em atividades específicas apesar de consequências danosas à sua saúde física, mental ou social. Entre os comportamentos comumente associados à este tipo de dependência destacam-se a compulsão por jogos de azar, por sexo, pornografia, computadores, video games, internet, trabalho (workaholics), exercícios físicos (vigorexia), compras (oniomania), entre outros.

Tradicionalmente o termo "dependência" tem sido utilizado para descrever a dependência de substâncias, como álcool ou drogas. Recentemente o termo passou a designar também os comportamentos por distúrbios dos impulsos, com alguma controvérsia.

Em geral as dependências comportamentais seguem o mesmo padrão cíclico do uso de substâncias, que começa com a sensação de prazer associado ao comportamento em questão, busca do comportamento (inicialmente para sentir prazer, posteriormente para lidar com o estresse), e aumento da frequência de busca do comportamento: esta busca se torna frequente, ritualizada e passa a constituir parte significativa da vida diária do indivíduo afetado. Um indivíduo com dependências comportamentais passa a experimentar desejos importantes ou urgências para buscar o comportamento, que se intensificam sobremaneira até que o comportamento seja executado, o que causa sentimentos de alívio ou exaltação. Apesar das consequências negativas do comportamento para sua vida, a pessoa afetada insiste no mesmo, com dificuldades para resitir a ele.

Os efeitos nos relacionamentos da pessoa afetada são semelhantes aos de um usuário de drogas: mentiras, negação, perda de confiança, divórcios, etc.
 
Nos próximos posts, vamos definir uma a uma as dependências mais comuns, assim como abordar suas dimensões diagnósticas e tratamento:
 
  1. Jogo patológico
  2. Compras compulsivas (oniomania)
  3. Dependência da tv
  4. Dependências sexuais
  5. Dependência do trabalho (workaholics)
  6. Dependência de exercícios físicos (vigorexia)
  7. Dependência de computadores e internet
  8. outras dependências
Foto: http://www.spiritualriver.com/how-substance-addictions-differ-from-behavioral-addiction/

Posted by Vanessa Marsden at 09:24  

1 comments:

Olà,
Sou brasileira mas moro na França hà 11 anos. Eu sou dependente da internet e minha patologia é severa.
Em setembro 2011 fui hospitalizada no serviço de aditologia do Professeur Lejoyeux-Hopital Claud Bichat, Paris. Fiquei internada durante 9 dias e de la fui transferida para uma clinica especializada em dependência comportamental, na Normandia, onde fiquei quase dois meses.
Eu mesma procurei ajuda, pois sabia que estava doente, com todos os sintomas que acompanham essa doença:isolada, medo do mundo real, sem hora para comer, dormir, eu me criei uma vida virtual e todo o tempo que passava acordada era na net. O declique véio quando constatei que tinha passado 3 dias sem tomar banho (eu sempre fui muito muito severa com minha higiene pessoal). Eu não cozinho, pois, para mim é perta de tempo.
Quando voltei da clinica consegui manter um ritmo, mais ou menos "normal" durante duas semanas.Depois disso comecei à voltar para o inferno da dependência. Sou seguida por uma psicologa e um psiquiatra, mas acho que brevemente serei internada para voltar a ter uma higiene de vida melhor. Atualmente so consigo dormir por intervalos de 2 horas e me sinto imensamente cansada.

Janete said...
11 February 2012 at 08:15  

Post a Comment