Penas impostas e penas aceitas

Wednesday, 30 May 2012

Hoje lembrei de uma trova que fala sobre as culpas que carregamos e da necessidade de se libertar.

Quem me vê andar alegre


pensará que estou contente


Abram meu coração e verão


as penas que tenho dentro...


Coração entristecido,

porque tanto te magoas?


Se estás cercado de penas,


o que fazes que não voas?





Trova popular, autor desconhecido, cerca de 1910

Porque não juntar nossas penas e criar asas como Ícaro?

Posted by Vanessa Marsden at 11:59  

1 comments:

Muito bonito e certeiro!

ex ana said...
31 May 2012 at 07:05  

Post a Comment